O Monarca

m 07 de fevereiro de 2004, no Principado de Sofia, surge para o micronacionalismo Vinícius Januzzi, micronacionalista ativo e com energia para conquistas, não demorou muito para que logo ele adentrasse as fileiras politicas pelo Partido Socialista (PS), com grande desenvoltura nas relações politicas foi alcançando influencias na vida privada de Sofia, ENSOTEL, Costel Corporation, entre outras foram empresas em sua trilha de sucessos.

Seu crescimento social começava por trazer frutos na vida publica alcançando o primeiro degrau como Soldado da Guarda Real de Sofia e posteriormente o cargo de Diplomata da Chancelaria Real de Sofia, Arauto Real de Sofia, Rei das Armas de Sofia, Marechal da Guarda Real de Sofia e juntamente começaram a vir os títulos de nobreza, Conde de Nova Dijon e no dia 05 de maio 2005 se torna Duque de Impisa pelo Reino Escoteiro de Nova Brownsea.

Mais ou menos na mesma época filia-se a Frente Democrática Monárquica e no dia 08 de maio alcança o cargo de Primeiro Ministro de Sofia executando grandes obras pelo principado.

Mas o destino guardava mais para Vinícius e foi assim que foi adotado por Ninus I Carmelo ton Pellegrini Logos tornando-se S.A.R. Vinícius Januzzi ton Pellegrini Logos príncipe de Nova Brownsea.

Não tardou para que Vinicius partisse para terras de seu pai tornando-se assim Cidadão Pathrano e passando a se chamar S.A.R. Vinícius Januzzi ton Pellegrini Logos.

Após muito aprender sobre a família real e de conseguir grande experiencia micronacional em outra nação, retorna para Principado de Sofia angariando assim varias funções importantes entre elas as de Secretário Geral do Governo de Nouvelle Québec no Território de Porto Cale, Interventor Nacional da Provincia de Porto Cale, Governador de Porto Cale e Rei das Armas de Sofia. Foi exatamente nesse retorno a Sofia que S.A.R. Vinícius Januzzi ton Pellegrini Logos adota o filho Gabriel Lucis ton Pellegrini Logos.

Mas o destino de Sua Alteza era voar mais alto e para isso precisava da orientação e supervisão de seu pai e assim este retorna para o Reino de Pathros. Sobre a supervisão do patriarca Logos Vinícius foi adquirindo conhecimento estando sempre ao lado do pai como Rei das Armas de Pathros e foi exatamente nessa época que Sua Alteza adota o filho Rocco Barbosa ton Pellegrini Logos.

Não tardou muito para que o destino trouxe o maior desafio da vida de S.A.R. Vinícius Januzzi ton Pellegrini Logos, no dia 26 de Março de 2013 S.M Bruce I decide por se afastar do micronacionalismo e transfere o Reino de Highland para Januzzi, em um intervalo de pouco mais de um ano Sua Alteza efetua grandes mudanças ao Reino de Highland, entre elas retorno para o nome de Reino da Escócia vindo a ser entronado no dia 23 de Abril de 2014 assumindo assim o título e nome de S.M. Vinícius I MacLogos Pellegrini.

O desafio de monarca de uma micronação era árduo, muitos a fazeres e todos ficando nas responsabilidades de Sua Majestade e foi no meio de uma dessas responsabilidades, a diplomacia, que em viajem S.M.R Vinícius I MacLogos Pellegrini veio a conhecer Júlio César Bórgia, italiano e com grande vivacidade micronacional, a amizade entre os dois foi crescendo e assim no dia 08 de junho de 2016, Sua Majestade adota Júlio César Bórgia que passou a se chamar S.A.R Julio César Bórgia MacLogos Pellegrini, Principe de Edimburgo.

Escrito por S.A.R. Júlio César MacLogos Pellegrini
Biógrafo Oficial do Reino

Não somos membros de qualquer nação real ou movimento separatista.
Este WEB Site destina-se única e exclusivamente aos praticantes do hobbie chamado micronacionalismo.
Todos os direitos de imagem e nome reservados a Escócia real.